domingo, 3 de setembro de 2017

Apenas um querer.

Quero sentir a leveza de uma borboleta
num tronco tão pesado.
Estar tão firme quanto uma rocha.
Ter a harmonia das cores do arco-íris,
contornar as dificuldades, como um rio rumo ao mar.
Mergulhar profundamente na sinceridade 
de uma criança.
Crer sem precisar ver, sentir sem precisar ter.
Poder ser luz na escuridão,
Ajudar suportar a dor, se não puder evitá-la.
Poder apreciar a beleza do sol com suas cores, 
fortes e perfeitas.
Estar no mundo, sem ser do mundo.
Nunca desistir de caminhar,
mesmo que o caminho seja tortuoso.
Perseguir sempre o brilho das estrelas.
Quero sentir sempre a leveza e 
nunca, nunca deixar de sonhar...



EU.




Nenhum comentário:

Postar um comentário