quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Doce chuva.

 Leva tudo!
Leva a sujeira do mundo,
A dor ,a saudade,o medo.
Limpa o corpo, o coração, a alma.
Trás, o sono, o conforto e a paz.
 Banha as suas, as minhas e das outras.
Alivia o fado que no remanso descansa.
Caí, pois essa é a sua missão,
Molha, sustenta, favorece vidas.
Faz brotar contentamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário