segunda-feira, 23 de junho de 2014

CONTO: BUSCANDO A FELICIDADE.


Era tarde da noite e Manu se revirava na cama, inquieta não conseguia dormir.Algo o atormentava depois daquele encontro no final da tarde.
Já se passavam das dezessete horas e ela caminhava pelas ruas calmas da pequena cidade sul-matogrossense, na mais completa paz interior. Havia tido um tia feliz no seu trabalho e em sua vida pessoal tudo estava em harmonia.
Observava as pessoas no vai e vem e ficava imaginando qual seria a busca fundamental que cada uma delas escondia dentro da alma.Quantas delas, naquele momento estariam realmente satisfeitas com suas vidas e quantas poderiam estar infelizes pelos mais diversos motivos que de repente lhe tomavam o pensamento.
Manu se deu conta de que a felicidade é algo muito particular e ser feliz depende é um sentimento que depende dos objetivos de vida de cada pessoa ou de algumas eventualidades que possam ocorrer ao longo da vida.
A moça seguia seu caminho em meio todo aquele barulho interno que por hora lhe afrontava a nostalgia de seu dia.
Manu estava no auge dos seus dezoito anos e vivia cheia de sonhos que não tinha a menor dúvida que iria realizá-los. Ela era uma moça muito determinada e não se amedrontava por qualquer coisa. Em meio a turbulência de seus pensamentos, por alguns minutos parece até que ela se afastou de seu corpo físico e mergulhou em outro mundo. A ausência foi tão profunda que ao tornar-se,  deparou com aquele moço a sua frente que gentilmente lhe dava a preferência na via, sinalizando com a mão.Seus olhos mudaram o brilho e fitaram os dele.Sua face parecia pegar fogo.Seu corpo estremeceu...
Manu sentia que as razões para continuar a ser feliz, naquele momento mudava o rumo, ainda desconhecido, mas que ela iria descobrir, sem pressa e buscar a essa nova felicidade.

                                        cida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário