terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Sonhos de amor...


Dormir,
Não apenas para o repouso físico,
Mas para sonhar...
Embalar a ansiedade dos desejos,
Ousar se jogar sem medo do tombo.
Viver as inquietutes de cada momento,
E com o coração aberto deixar acontecer 
as incertezas de cada amanhecer.
Pois nesse instante só existe o eu e você.
As horas disparam no relógio, os minutos, só nos restam alguns segundos...
Preciso de muito tempo para viver esse sonho.
Lá fora já começa a brilhar alguns raios de luz,
Não! Não quero acordar...Preciso viver esse intensamente esse sonho.
Aqui, onde tudo é possível e não existe nada mais, somente nós.
Então venha, pegue meu coração e coloque-o na batida do seu.
Nesse mesmo pulsar descompassado  que só trilham os apaixonados.
Toma, pegue tudo o que é somente SEU,  o meu  Eu e eternamente seremos nós.
Sonhando em noites frias e quentes...Vivendo a magia de cada momento.

                                      cida.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário