sábado, 15 de setembro de 2012

ILUSÃO...
É boa se faz sonhar
se traz o desejo de provar,
Dos sabores desconhecidos, és a vontade.
O desprender-se da inércia.
Não sobrevive apenas da abstração,
Mas de possibilidades reais.
Da pertinência,
Da posse que não se paga,
Do medo que nada teme...

É a primeira e a última razão irracional,
Num  caminho perdido,
Na fuga que liberta...
Bebe desse cálice ilusório,
Sacie-se da sede que te seca,
Nem que seja por um momento,
Ou por uma vida inteira,
Experimente o doce amargo da ilusão...
             Cida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário